Elas no comando dos condomínios da cidade

Síndicas de Águas Claras lançam a Life, uma empresa com propostas inovadoras ao mercado de gestão condominial

O lançamento da Life- Conceito em Gestão Condominial aconteceu no Coco Bambu, shopping DF Plaza, em Águas Claras, onde foi servido um jantar com a presença de diversos convidados, dando início às atividades do grupo empresarial
As gestoras Karina Nápoles, Patricia Rosa, Elisabeth Velásquez,
Carol Porto Xavier, Eliane Dantas, Graziella S. Sardinha:
criando soluções para condomínios a partir da experiência própria

O ideal inovador da Life- Conceito em Gestão de Condomínios foi consolidado por seis mulheres bem-sucedidas, decididas e que pretendem fazer diferente quanto às negociações, assessoria e consultoria em todos os tipos de condomínios, desde os pequenos formatos aos que possuem grandes estruturas de lazer. É um grupo que agrega conhecimento e profissionalismo e realiza assessoria e consultoria para condomínios que necessitem de seus serviços em Águas Claras; é mais do que o trabalho de um síndico apenas.
O grupo possui seis integrantes: Carol Porto Xavier, Eliane Dantas, Elisabeth Velásquez, Karina Nápoles, Graziella Sardinha e Patrícia Rosa. Todas possuem vasta experiência na gestão de condomínios e formação acadêmica que favorece ao sucesso profissional que estão tendo. Entre as áreas do conhecimento, há comunicação, psicologia, administração, direito, economia, gestão de pessoas e coach, isso faz da Life- Conceito em Gestão Condominial uma empresa inovadora, especializada em gestão de condomínios, com capacidade técnica, experiência, lisura, imparcialidade e que também se adequa aos interesses dos clientes, com ética e profissionalismo.
Segundo Eliane Dantas, uma das fundadoras do Life, um bom gestor condominial tem que saber a técnica, ter vocação, comprometimento, dedicação e, além disso, deve preservar o patrimônio e resgatar os laços entre os vizinhos. Isso é mais do que a lei 10.406/2002 requer. Essa lei diz que o síndico pode ser pessoa física ou jurídica, morador ou não, eleito em assembleia. Para convencer a assembleia a eleger um síndico profissional é necessário que a empresa demonstre capacidade técnica, experiência, profissionalismo e imparcialidade. “O gestor condominial não é um mero pagador de contas, ele deve estar preparado para gerenciar vários subsistemas e, assim, fazer com que a estrutura funcione perfeitamente”, enfatizou Eliane.
Eliane também contou que as participantes do Life são síndicas em sete condomínios e prestam assessoria a pelo menos doze, porque existem síndicos que precisam de auxílio e consultoria em assuntos que não dominam ou sentem dificuldades. Ela completou que todas entraram na sindicância com o objetivo de melhorar os condomínios, apaixonaram-se pela tarefa e decidiram investir nela como profissão. Hoje, todas possuem formação de síndicas profissionais e estão constantemente atualizando-se por meio de cursos, palestras e eventos da área.
O reconhecimento é tanto que todas as síndicas do grupo Life foram premiadas com o troféu “Síndico que Faz”, presenteado pela ABRASSP, que é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, criada para promover o desenvolvimento da atividade dos síndicos. Essa instituição é importante para fortalecer a profissão, unir as classes e representá-las junto aos órgãos e à sociedade civil. O grupo Life- Conceito em Gestão Condominial é, então, reconhecido pela qualidade de seus trabalhos prestados a condomínios e aceita propostas para consultoria e assessoria.

 

Life -Conceito em Gestão de Condomínios

www.lifedf.com.br

61 99114-8526