Melasma atinge 35% da população feminina no Brasil

Dados da Sociedade Brasileira de Dermatologia apontam que o melasma atinge 35% da população feminina do Brasil

São diversas as causas do melasma, desde genética, exposição solar, estresse e também mudanças hormonais na gravidez. Os melanócitos responsáveis pela pigmentação da pele trabalham em excesso e com isso mancham a pele. Ainda não há cura, mas é possível amenizar as manchas. Homens também sofrem com o problema.

A cosmetóloga e esteticista Melissa Silva explica que os tratamentos são diversos e complementares, cada paciente precisa de uma avaliação prévia “Há clareadores, peelings, ativos injetáveis e até mesmo o microagulhamento. É importante lembrar que é preciso ter cuidados em casa, no dia a dia. Assim é possível alcançar excelentes resultados e melhorar a qualidade da pele”. explica.
A especialista atende no Lúcio Costa, no Guará e realiza ainda micro pigmentação nos lábios, aplicação de cílios, tratamentos para acne, melasma, limpeza de pele e também estrias. Para acompanhar, no Instagram @usebestetica e agendamentos através do whatsapp (61) 98588-9690.