Domingo tem Parada do Orgulho LGBT

As ruas de Águas Claras serão tomadas pelas cores da bandeira LGBT. Isso porque no dia 2 de dezembro ocorrerá a 4ª Parada do Orgulho LGBT da cidade. Com concentração às 14h, na Estação Arniqueiras, o evento promete ser agitado e a expectativa é que 5 mil pessoas passem pelo local durante a Parada.

A 4ª Parada do Orgulho LGBT de Águas Claras (DF) terá show de figuras importantes da cultura do DF, como as Drag Queens Veronica Strass, Trinitym e Fran Ferrari, além de trios elétricos, manifestações públicas e apresentações dos DJ’s Afrodite, Patricia Perronty e Jeffersson Oliveira.

Com o tema “Por uma cidade sem machismo, racismo, intolerância religiosa e LGBTfobia”, a Parada deste ano dá continuidade ao projeto “LGBT EM AÇÃO”. Com um tema plural, a Parada abraça não apenas as causas do movimento LGBT, mas também das vítimas de preconceitos raciais, religiosas e de gênero.

“Há 2 anos que Águas Claras não tem uma Parada LGBT, e entendemos que essa cidade, tão importante para a economia e para a existência do Distrito Federal, necessita também ter seu manifesto público contra o preconceito em geral e a favor do movimento LGBT. O evento tomará as ruas para reafirmar que o respeito deve ser preservado e que vítimas de preconceito não estão sozinhas”, afirma Jonathan Perdono, presidente da Associação Ceilandense de Lésbicas, Gays, Bixessuais, Transsexuais e Travestis do DF (ACLGBT/DF).

No último dia 25, o projeto ocorreu com a realização da 10ª Parada LGBT de Ceilândia (à direita), que reuniu 6 mil pessoas e trouxe para Brasília o show de funk do Bonde das Maravilhas. Além disso, a Parada de Ceilândia foi reconhecida pela Pride TV, que premiou o evento com o troféu Pride por desempenhar seu papel social em organização, estrutura e qualidade. O troféu é considerado o Oscar LGBT do Distrito Federal e contou com a participação do júri popular presente no evento para conceder a premiação

Realizado pela ECOSOL com o fomento da Secretaria de Cultura do GDF, a Parada do Orgulho LGBT de Águas Claras é organizada pela Associação Ceilandense de Lésbicas, Gays, Bixessuais, Transsexuais e Travestis (ACLBT/DF).