Águas Claras recebe circuito de atividades culturais

O NEM – Núcleo Experimental em Movimento promete estimular a cena cultural de Águas Claras com peça de teatro, oficinas, debates e cineclube

Murilo Abreu

Águas Claras é um território diferenciado do ponto de vista arquitetônico e urbanístico no Distrito Federal. Com prédios altos e distribuição de ruas e comércios diferente das outras Regiões Administrativas, o desafio para a sociabilização na cidade tem a ver com superar o formato dos condomínios verticais que favorecem o isolamento. E é em pensando nessa socialização que o NEM criou o projeto “Viver em quadrados”.

            Com o objetivo de abrir caminhos para a cena cultural de Águas Claras, “Viver em quadrados” produzirá um circuito relâmpago de atividades culturais, em diferentes linguagens de arte, contemplando peça teatral, oficinas, debates e cineclube, no Espaço Cultural Teatro dos Ventos.

Ao longo dos dias 29 julho a 1 de agosto, a comunidade poderá desfrutar de uma rica programação cultural.

O evento é uma realização do NEM, que traz em seu currículo experiências na China, Chile e promove há dois anos atividades na Casa da Cultura da América Latina. Após Águas Claras, embarcarão para uma temporada em Portugal.

A começar com a peça teatral “Lá – viver em quadrados”, que com o apoio do programa Conexão Cultura, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal, veio de temporada no Chile e promete esquentar o debate sobre o lugar do corpo na realidade enquadradora da vida na cidade. A metáfora do quadrado está presente em todos os elementos do trabalho, desde a cenografia até a movimentação corporal. O objetivo é despertar para a consciência de que cada sujeito é livre para ser o que quiser, se conseguir se dar conta das estruturas que o oprimem e desafiá-las.

Ainda na perspectiva do teatro, será apresentado Movimentos de um ovo”. A cena curta com duração de 15 minutos já foi premiada pelo júri popular do Festival ¼ de Cena (2017), e é uma divertida loucura na companhia de um personagem que se vê lançado à vida e tenta compreender o lugar do fracasso na sua trajetória. O objetivo é despertar a reflexão sobre a busca desesperada pela felicidade, que acelerando o ritmo da vida, pode impedir ironicamente que ela seja alcançada.

            Já no Cineclube do Sarau de Gantois, haverá um espaço acolhedor e celebrativo, focado no ambiente de cultivo de vivências com poesia e filmes produzidos em Brasília, sobre temáticas variadas.

Para o Debate, o objetivo é estabelecer diálogo com a população por meio da discussão sobre modos de favorecer a presença de produtos culturais em Águas Claras, pensando espaços possíveis para acolhimento de ações culturais.

Ao longo da programação, também haverá a oficina teatral, o EPA! – Encontro de Práticas Abertas destinada a produzir um encontro de criação entre artistas, estudantes de artes e entusiastas da área.

“Como morador da região, acredito que promover essas atividades em um espaço cultural de Águas Claras é acreditar que já existe uma semente para um pólo cultural local. Esperamos que a comunidade goste e prestigie!”, convida Lupe Leal, organizador do evento.

 

Serviço: Viver em quadrados

 

Local: Espaço Cultural e Escola de Artes Cênicas Teatro dos Ventos – Águas Claras

 

De 27 de julho a 1 de agosto:

Intervenções relâmpago com o NEM – Núcleo Experimental em Movimento no Parque de Águas Claras

 

Dia 29, às 15h30 e às 20h:

Sarau + 2 sessões do Cineclube

 

Dia 30, às 15h30 e às 20h:

Sarau + 2 sessões do Cineclube + EPA

 

Dia 31/07 e 1/08 – 15h30 e às 20h:

Lá – viver em quadrados + Cena Curta Movimentos de um Ovo

 

Entrada: gratuita