Cine clube e palestras gratuitas movimentam espaço cultural

As terças e quintas acontecem atividades culturais no Teatro dos Ventos em Águas Claras

O Teatro dos Ventos, escola e espaço cultural em Águas Claras apresenta ao público durante este mês, cine clubes e palestras . O evento Encontro e Pensamento, acontece sempre ás terças-feiras, ás 20h, trazendo ao público debates atuais.

Já o Cine Clube, ocupa ás quintas-feiras a partir das 19h. Unido linguagens integrativas entre o cinema e questões sociais, após a exibição dos filmes acontece um bate papo com o mestre em Artes Cênicas Fernando Martins. A capacidade para o debate e o cine clube é de 50 participantes, ambos com entrada franca.

“Esse é um espaço para movimentar e promover diálogos com a população, gerando um pensamento critico e analítico, utilizando também o cinema como ferramenta”, explicam os diretores do espaço Luciana Loureiro e  Fernando Martins.

Programação dos debates:

13 de agosto

Temática: Narrativas da Mídia Contemporânea e seus Efeitos Sociais – Como a escrita das matérias orientam a percepção dos leitores

Palestrante: Rejane Santos Rodrigues, educadora, revisora de peças publicitárias e livros científicos. Autora do curso, Conceitos gramaticais afetos à interpretação de texto e do material didático da Botique da Língua Portuguesa, do Curso Magister, também coautora do Guia de elaboração de itens do Colégio Marista de Brasília.

Atualmente, é coordenadora e professora de Gramática e Redação nos Cursos Magister e Seleção, especializados nos certames militares e Enem, produz videoaulas para o Projeto Extreme, preparatório para Epcar.

 

20 de agosto

Temática: A Vida Despatologizada – Quando o comportamento e os sentimentos não são doença.

Palestrante: Ana Bárbara da Silva Nascimento, doutoranda em Educação na Universidade de Brasília (UnB), Mestra em Educação pela mesma instituição, professora de Filosofia e Sociologia do Ensino Fundamental e Médio.

Investigadora e entusiasta do projeto de Filosofia para crianças. Graduada em Filosofia pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL).

 

27 de agosto

Temática: Corpo e Maternidade – Resistência e Resilência – O corpo como o primeiro território habitado

Palestrante: Raquel Salles de Campos vive há 20 anos processos migratórios. Morou em vários países na Europa, atualmente vive na Itália.  Nos últimos 7 anos, até 2015, trabalhou em Bilbao, País Vasco – Espanha, no CEAR – Euskadi, Comisión Española de Ayuda al Refugiado. Recebeu formação e foi capacitada para entender e viver o feminismo desde 2008 no País Basco, no âmbito da associação Munduko Emakumeak Babel. Experimentou a diversidade cultural feminista, trabalhando de forma horizontal com outros coletivos, como a migração excluída sem documentação, e as trabalhadoras “domésticas”, na realização de novas políticas para um melhoramento e qualidade de vida laboral e pessoal delas nessa região da Espanha.

Com formação linguística e administrativa, formou-se como terapeuta corporal na Escola Hermes de Vitoria no País Vasco, com o psicólogo Antônio Pacheco, de Terapia Corporal Integrativa. Trabalhando com os traumas e talentos das pessoas através da consciência do corpo, com o objetivo de ensinar o empoderamento e a auto regulação. Atua em um grupo de 10 terapeutas, investigando no corpo como ferramenta de transformação. Participou de inúmeros trabalhos sempre com foco em, gênero, multiculturalismo, migração, educação e feminismo interdisciplinar  e intercultural.

 

Programação do Cine clube, toda quinta-feira:

 

15\08

Filme: Lixo Extraordinário

Tema do bate papo: A obra de arte, a ideia, os materiais, a manipulação e seus efeitos

Sinopse: Documentário trata do trabalho realizado pelo artista brasileiro Vik Muniz junto aos catadores do maior aterro sanitário da América Latina – O Jardim Gramacho. Vik Muniz mostra como é possível transformar materiais em desuso em obras de arte.

Duração: 99 minutos – 2009

 

23/08

Narradores de Javé

Tema do bate papo: A palavra e o texto escrito, embate sobre valores

Sinopse: Comunidade de analfabetos chama o carteiro local, que havia sido expulso da cidade, para escrever a história do vilarejo antes que uma represa artificial acabe com tudo.

Duração: 100 minutos – 2002

 

30/08

Tempos Modernos

Tema do debate: O passado, o presente e o futuro, o homem e a máquina

Sinopse:  Interpretado por Charles Chaplin, o filme aborda os desafios da vida moderna e a relação com as máquinas no inicio da revolução industrial.

Duração: 100 minutos – 1936

 

***

Teatro dos Ventos

Rua 19 Norte, Edifício Duo Mall, térreo – Águas Claras

Informações: (061) 99917-1440