Paratleta de Águas Claras conquista campeonato brasileiro e promove ação para adquirir nova cadeira de rodas

 

 

Texto: Vanessa Castro/Foto: Arquivo pessoal

Mateus Moreira nasceu com uma má formação da coluna vertebral chamada de mielomeningocele. Tal condição não foi impedimento para o jovem morador de Águas Claras ter uma vida com atividades diversas, entre elas ser modelo e palestrante.

O esporte sempre fez parte de sua vida desde os três meses de idade. Natação, equoterapia, tênis e basquete em cadeira de rodas. E, também, skate, participando de campeonatos aqui no DF e no Rio de Janeiro, ficando em terceiro lugar. Na agenda, ainda há tempo para remar na Raianorte, no Lago Norte em um stand up paddle adaptado.

         O convite para o para-halterofilismo veio através de um amigo e, logo, ele se identificou com a modalidade. A partir da segunda competição, começou a ganhar medalhas, entre elas as de prata e de bronze. Em 2018, foi vice-campeão brasileiro e, no dia 08 de novembro ganhou o primeiro lugar.

         As adversidades na vida do jovem são diversas, porém a família, formada pela mãe, avó, tio e irmã, segue unida ante os desafios diários. E, para contar toda a história de aprendizados por que passaram, um livro, para 2020, faz parte dos planos. Para continuar competindo e melhorar sua performance, Mateus precisa trocar sua cadeira de rodas.  A família organiza uma ação colaborativa para poder comprar uma cadeira mais leve, funcional através do link https://www.vakinha.com.br/vaquinha/cadeira-de-rodas-do-moreira .Outras informações no Instagram  do Mateus @moreiraparatleta e no telefone  da mãe Adriana (61) 99176-2512.