“Nossa região hoje possui uma identidade própria” Telma Rufino, administradora Regional de Arniqueira

Telma Rufino foi a primeira gerente do Setor Habitacional Arniqueira em 2008 e no final de 2019 retornou para ser a primeira administradora da região que compreende também Areal e ADE. Eleita deputada Distrital em outubro de 2014, Telma Rufino assumiu o segundo mandato até novembro último, foi uma legítima representante das mulheres na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF). Acostumada a uma jornada múltipla, como a maior parte das mulheres do Brasil, sempre conciliou o trabalho com a administração de seu lar, o cuidado com os filhos e o olhar atento de uma líder comunitária.

Com uma personalidade marcante, conquistou representatividade sendo eleita Presidente da Comissão de Assuntos Fundiários (CAF) por quatro mandatos consecutivos e Procuradora (2015-1016) e Vice Procuradora (2017-2018) da Procuradoria Especial da Mulher, pasta criada em 2013, e que na CLDF tem como objetivo atuar em prol da defesa, da fiscalização e proposição de Leis e medidas em defesa do gênero, combatendo à violência doméstica, o preconceito e reduzindo as desigualdades.

Moradora de Arniqueira desde 1996, orgulha-se de ter visto a construção da cidade de Águas claras, Arniqueira e Areal, e de conhecer a maior parte dos pioneiros que acreditaram no desenvolvimento da Região Administrativa.

Defensora do direto à moradia, luta pela regularização das áreas públicas do DF. Em seu discurso, sempre afirma que somente por meio da regularização, as invasões e grilagens terão fim. Trabalho que a conduziu à presidência da Comissão de Assuntos Fundiários (CAF).

Além da Regularização Fundiária e do resguardo aos direitos da mulher, Telma Rufino também desempenha importante papel pela redução da desigualdade social, por meio do incentivo a economia solidária, ao melhor acesso à educação, a melhores oportunidades de emprego e renda e a valorização do pequeno empreendedor.

Como tem sido administrar uma cidade tão nova?

Primeiramente agradeço a Deus e ao governador Ibaneis Rocha pela criação da Região Administrativa. Está sendo uma oportunidade ímpar, cheia de desafios e conquistas. Nossa região é composta por áreas que eram conhecidas antes como terras do “nem”, “nem” Águas Claras, “nem” Taguatinga, e hoje possuem uma identidade própria e uma Administração para atender as demandas com maior agilidade.

 

A Administração está plenamente implementada? Com cargos ocupados e orçamento?

Estamos trabalhando para isso, junto à Secretaria da Economia, em breve teremos a estrutura e o orçamento, mas quero frisar que toda a equipe do GDF está nos ajudando a manter as ações em andamento.  Nossa sede é pequena, mas é própria e não há gasto com aluguel.

 

Como tem sido o trabalho até agora?

Produtivo, sou administradora e moradora, acompanhei o crescimento da região e conheço Arniqueira, Areal e ADE desde as origens. Meu trabalho está focado em corrigir problemas históricos e assim conseguir trazer as grandes obras. Estes problemas incluem a regularização do Setor Habitacional Arniqueira, áreas complementares do Areal e a retirada do Albergue para a instalação de equipamentos públicos como escolas e creches.

Arniqueira é uma cidade de três lados: os condomínios horizontais, Areal e a ADE. As necessidades de cada um desses locais são diferentes? Como tem trabalhado com cada uma dessas peculiaridades?

São três realidades, o Areal é em sua maioria regularizado, porém existem áreas complementares que necessitam da regularização, estamos trabalhando junto ao governador para avançarmos e concluirmos este processo, além, claro, de trazer mais equipamentos públicos, como escola de ensino médio, fundamental e creches.  Na ADE melhoramos a malha asfáltica e iluminação, vamos projetar a ampliação de alguns estacionamentos. No Setor Habitacional Arniqueira realizamos ações paliativas e emergenciais devido a Ação Civil existente, e precisamos finalizar o processo de regularização para que grandes obras, como águas pluviais, possam ser executadas.

 

A quantas anda a regularização dos condomínios?

O processo de regularização do Setor Habitacional Arniqueira está em andamento. Para a regularização o Setor foi divido em 9 URBs (áreas de urbanização): URB 001, 002, 003, 004,005/17, 006, 007, 008 e 011 que, devido as suas peculiaridades, tramitam em processos distintos.

A UR5 005 é a mais avançada e já se encontra cadastrada aguardando liberação para compra. A URB  001 aguarda cadastramento para depois liberação de compra. As demais URBs estão em atualização de Projeto Urbanístico para aprovação junto ao Conselho de Planejamento.

 

Quais as principais ações desenvolvidas até agora?

Avançamos no projeto de regularização do Setor Habitacional Arniqueira e áreas complementares do Areal. Traçamos estratégias de combate ao mosquito transmissor da dengue e outras doenças, criamos o programa Arniqueira e ação que retirou em uma semana mais de 125mil kg de inservíveis (restos de podas, móveis, lixo e etc) das ruas. Estamos melhorando a infraestrutura, com operações de limpeza, melhoria da iluminação, tapa-buracos e reforma dos parquinhos no Areal, com apoio da Novacap e equipe do programa GDF Presente.

Trouxemos também uma grande operação de recapeamento asfáltico, que está contemplando a ADE e o Areal, há anos essas áreas não recebiam ações como esta. O Parque do Areal foi limpo, roçado e os equipamentos, como parquinhos, trocados. No Setor Habitacional Arniqueira os moradores das URBs 001 e 005 estão tendo água e luz regulamentadas pelas companhias, luta de ano.

E quais os planos para os próximos anos? Quais projetos gostaria de ver saindo do papel?

A regularização concluída, os moradores com as escrituras e o governo podendo realizar as obras tão aguardas. A transferência do Albergue, para que o espaço, que é muito grande, possa abrigar equipamentos que atendam a comunidade da região, sendo um complexo com Restaurante Comunitário, UBS, Escolas e outros. São metas que vamos atingir nesta gestão do governo Ibaneis.

Sua experiência como deputada pode ajudar a trazer recursos para a cidade, principalmente via emendas parlamentares?

Sim, sou amiga de todos os parlamentares respeito todos e sei que o sentimento é mútuo, trabalhamos todos juntos até pouco tempo, e assim que a unidade orçamentária da Administração for criada, tenho certeza que os recursos vão chegar.

Como o isolamento social tem afetado o dia-a-dia da população de Arniqueira? E como o governo pode ajudar neste período?

Primeiro gostaria de parabenizar ao governador Ibaneis Rocha e toda equipe da saúde por terem adotado medidas eficientes desde os primeiros casos. O isolamento social é passageiro e necessário, o cenário na região mudou, o movimento nas ruas diminuiu, a solidariedade aumentou, e a Administração está diariamente atendendo por meio de teletrabalho. Todas as questões são resolvidas por telefone (061 – 99190-0437) e por meio do Protocolo Eletrônico. Estamos apoiando e acompanhando as ações sociais emergenciais e a campanha de vacinação contra a gripe.