A terapia floral pode ajudar nesta quarentena

Plantas, flores e árvores do campo contribuem para o equilíbrio da saúde mental

            Estamos percebendo uma crescente e compreensível preocupação de como as pessoas estão enfrentando tempos de confinamentos. Observamos que várias delas estão se reinventando, criando maneiras de ocupar o ócio, da melhor maneira possível. Mas em contrapartida tem aquelas que não estão lidando de forma positiva o dia-a-dia de confinamento.

Precisamos saber identificar os gatilhos que levam as pessoas a ficarem ansiosos e depressivos. A insônia, palpitação, desanimo, desmotivação, preguiça, irritabilidade, cansaço, todos esses sentimentos se apresentando de forma constante e sem nenhum motivo já e um sinal de alerta. Por isso, é importante buscar recursos necessários para evitar o progresso desses sentimentos negativos.

Dentro deste contexto, uma grande aliada que pode ajudar a equilibrar o emocional durante esse período está na natureza. De acordo com a terapeuta de Floral Bach e acupunturista Camila Coelho, “a terapia floral faz parte de um campo emergente de terapias vibracionais e não invasivas. As essências florais, feitas de plantas, flores e árvores do campo, tratam distúrbios de personalidade. Eles pretendem harmonizar a saúde mental, transformando sentimentos negativos em positivos.”

Para intervir no comportamento ansioso, por exemplo, uma das essências florais que se pode trabalhar é o Impatiens, que ajuda a acalmar a pessoa e a desenvolver empatia com o próximo, além de ajudar a desenvolver sentimentos delicados e a paciência. “O reconhecimento do problema e o desejo de o corrigir é o primeiro passo em direção à cura interior”, afirma a terapeuta.

Camila Coelho alerta ainda que é importante passar por uma consulta e acompanhamento de um terapeuta pois ele saberá identificar quais são as essências necessários para o tratamento de cada paciente. Sendo assim, cada floral é elaborado de forma individualizada com as essências específicas de acordo com a queixa e característica de cada indivíduo.

Dentro do contexto de que o ser humano é capaz de se reiventar, a terapeuta está atendendo através do Teleatendimento para consultas e prescrições dos Florais. “O teleatendimento se bem feito, é capaz de ajudar e atender as pessoas que estão necessitando de uma atenção neste momento tão delicado que estamos vivendo”, ressalta a terapeuta.

Camila Coelho é acupunturista e especialista na Medicina Tradicional Chinesa e terapeuta de Florais de Bach. Realiza atendimentos em Brasília, em diversas regiões administrativas e para algumas especialidades atende via consultas on-line por todo Brasil. Outras informações (61) 98116-3524  ou no Instagram @acupunturacamilacoelho_